Érico Malvezi

Érico Malvezi

Sicoob realiza caravana de associados para conhecer a GREEN FARM no Mato Grosso do Sul.

Cerca de 20 associados e colaboradores do Sicoob Médio Oeste de Assis Chateaubriand, estiveram nesta quarta-feira, 19, conhecendo a GREEN FARM, situada no Mato Grosso do Sul. Por conta de uma parceira firmada, a Cooperativa fez questão de mostrar para o grupo o motivo da parceria.

Segundo informações hoje são 3 mil e 500 funcionários no sistema Unicoob e no projeto é feito uma conta de quanto é gerado de lixo pelos colaboradores, quanto consomem de energia e de agua e assim o Sicoob tem uma área compatível para devolver o oxigênio para a natureza. “ É uma forma que o Sicoob encontrou de contribuir com a preservação da natureza nessa área no qual o Sicoob ajuda a manter a área com ajuda financeira mensal, e nos fazemos um convite aos associados do Sicoob que queiram conhecer o projeto, neste dia fizemos uma caravana e viemos conhecer e poderemos repetir o ato, pois os que participaram gostaram do que viram”, destacou a Diretora Superintendente Nadir Lulu Ferreira da Costa.

O Sicoob é parceiro da Green Farm através do Instituto Sicoob de todo o sistema Sicoob/Unicoob. A parceria foi fechada em junho do ano passado, atualmente são diversas atividades desenvolvidas em parceiras, fazendo divulgação tanto no endomarkentig- conjunto de estratégias e ações de marketing institucional voltadas para o público interno, quanto para os associados.

A Green Farm é um projeto de sustentabilidade localizada no Mato Grosso do Sul, município de Itaquirai, numa área de 4650 hectares de terra, onde é realizado prestação de serviços ambientais para outras empresas é oferecido para as empresas serviços de sustentabilidade, onde são elencados pela ISO- Organização Internacional de Normalização-.26.000, de responsabilidade sócio ambiental 40 serviços e a Green Farm presta 30 que vão desde, neutralização de carbono, educação ambiental, pesquisa e desenvolvimento, biodiversidade, polinização, beleza cênica entre outros. Dos 30, a Green Farm consegue mensura e emitir relatórios de 9 serviços.

 As empresas contratam os trabalhos, pois as empresas querem fazer algo há mais, um diferencial no negócio sem perder o foco da produção contratando os serviços da Green Farm para ter uma facilidade e poder explorar isso comercialmente agregando valor a empresa de uma forma menos custosa. A Green Farm é chamada de Clube de Sustentabilidade compartilhado. Onde as empresas compartilham não somente os benefícios, mas também as despesas e assim as empresas diminuem os custos e usa o que precisa.

Izabella de Matos Massambani, formada em oceanografia é representante comercial da Green Farm da região Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. “Com o custo reduzido acaba ficando viável para a empresa fazer alguma coisa e pega um projeto andando, muito completo e consegue comunicar de forma segura e transparente para o consumidor o que está sendo feito pela empresa”, destacou ela.

Os participantes na parte da tarde puderam acompanhar e conhecer a beleza do Rio Paraná com um passeio de barco. 

Alessandro Roncolato é o novo gerente do Sicoob Médio Oeste de Assis Chateaubriand.

Foi apresentado na manhã de hoje sexta-feira, 31 , a imprensa o novo gerente do Sicoob Médio Oeste de Assis Chateaubriand. O conselho já havia anunciado aos colaboradores o nome de Alessandro Roncolato de 35 anos como sendo o novo gerente da unidade. Há um ano e três meses na cooperativa, no entanto atuando na área há mais de 13 anos é chateaubriandense e bastante conhecido da comunidade.

O pensamento do Sicoob é dar oportunidade da comunidade estar em contato direto com o gerente. O entendimento é que as cidades do interior têm muito dessa visão de conhecer e ter  proximidade com o gerente.

O presidente do Sicoob Edson de Oliveira Pereira diz estar muito feliz de estar oportunizando para alguém da casa conduzir os trabalhos. “ É isto que o Sicoob faz, dar oportunidade para que as pessoas cresçam e com certeza daqui pode sair outras pessoas com capacidade para gerenciar novos pontos de atendimentos, é isto fazer parte”. Disse.

Alessandro Roncolato sabe da responsabilidade e tem como intenção aproximar ainda mais a sociedade do Sicoob e fazer com que todos entendam a essência do cooperativismo. “ Nós queremos mostrar isso a comunidade onde ser associado ao Sicoob, não é o Sicoob que está ganhando, mas sim a sociedade, estamos pagando um pouco mais para quem quer aplicar, emprestando com juro mais barato e cobrando as menores tarifas do mercado na questão de prestação de serviços”. Informou.

Roncolato finalizou dizendo que quer contar com o apoio de toda a equipe para melhor atender a população.

A solenidade de apresentação foi realizada no interior da agencia e contou com a presença de conselheiros, funcionários e também do ex-presidente José Carlos de Souza. 

Show Rural Coopavel movimenta R$ 2 bilhões em apenas uma semana

Superando as expectativas, mais de 253 mil visitantes, visitaram o evento

Foram cinco dias de feira, 253.068 mil visitantes, produtores rurais das mais diversas cidades do Brasil e do mundo, todos em busca de novas tecnologias e inovações, todos em busca do Amanhã.

Desde sua criação em 1989, o Show Rural Coopavel, tem como principal objetivo dar a mesma possibilidade de conhecimento para o pequeno, o médio e o grande produtor rural. É tornar possível, através desta grande vitrine, o que existe de melhor no agronegócio brasileiro e mundial.

“A mudança do Amanhã é o resultado da atitude hoje”. Foi com esse conceito que o Show Rural Coopavel foi desenvolvido, com a finalidade de preparar o produtor rural e as propriedades para o futuro.

Os 520 expositores das empresas nacionais e estrangeiras tiveram uma oportunidade única, de lançar suas tecnologias, os seus principais produtos, naquela que é a maior feira do agronegócio da América do Sul, em um evento que movimentou R$ 2 bilhões em apenas uma semana, que vai gerar negócio durante o ano todo, já que parte do faturamento é realizado depois do evento.

Para o diretor presidente da Coopavel, Dilvo Groli, o Show Rural Coopavel, superou as expectativas, foi excelente. “É gratificante ver nos olhos das pessoas, a sensação do dever cumprido, de saber que estamos no caminho certo. Ver que, a Coopavel, está organizando um evento que defende os interesses dos produtores rurais, do agronegócio brasileiro e mundial, e que deixa assim, um grande legado para as futuras gerações, de melhorar a cada dia a produtividade dentro das propriedades, sejam elas pequenas, médias ou grandes. É esse o grande desafio do Show Rural Coopavel, dar a todos, a possibilidade de apreender e crescer”, enfatiza Dilvo.

O Show Rural Pecuário é outro grande empreendimento dentro do evento, que mostra para os pecuaristas as grandes tecnologias no setor, a genética e a criação das raças. Na estrutura física, um investimento de R$ 5 milhões foi realizado para a construção de seis barracões para a exposição do gado de leite e de corte.

As 15 raças das principais associações brasileiras dos criadores participaram do evento, realizando a venda direta de reprodutores para os pecuaristas, touros das melhores cabanhas do Brasil. E não diferente do setor agrícola, o objetivo é de sempre ampliar o conhecimento do pecuarista, para que ele possa obter uma produção maior, com leite e carne de qualidade. Trazendo para discussão a qualidade da pastagem, da alimentação e de outras tecnologias do setor. 

Bem-vindo ao Amanhã, chegou, e foi um belo exemplo de cooperativismo!

Da Assessoria de Imprensa da Coopavel

Alunos da Escola Odila desenvolvem projeto e ajudam famílias. Motivadas por trabalho social do Sicoob médio Oeste.

Alunos do 5º ano B e E da Escola Odila de Souza Teixeira, estiveram na manhã desta quarta-feira, 11, na Agencia do Sicoob Médio Oeste de Assis Chateaubriand, onde apresentaram um projeto desenvolvido, através da base da revista do Sicoob. O texto no qual tratava sobre cooperatismo, motivou as crianças a trabalharem o tema, não somente no papel, mas também na pratica. Foi aí entao que surgiu a ideia de um projeto que mais tarde foi chamado de “5º ano aquecendo corações”.

Através da iniciativa de uma das alunas os alunos das duas turmas começaram a realizar doações de roupas, tênis, brinquedos e outros para uma família, cuja a mae tem 7 filhos e enfrentava dificuldade de vestir e calcar a todos. Diante desta situação o desafio dos alunos foi arrecadar junto a família, familiares e amigos, uma quantidade de objetos para oferecer uma condição melhor de vida a esta família. O projeto tomou a dimensão grande que até foi possível ajudar outra criança, o qual estará realizando um bazar nos próximos dias para arrecadação e assim ajudar no custeio de despesas dos familiares.

Diante de tudo, os alunos acompanhados das professoras foram até ao Sicoob e apresentaram o projeto.  O aluno James Victor da Escola Municipal Odila de Souza Teixeira, explicou que tudo teve inicio apos uma colega de sala expor a dificuldade de uma familia.

Professora Josiani Lima, trabalha neste ano com os alunos do 5º ano, B e E  da Escola Odila de Souza Teixeira e segundo ela o que está sendo trabalhado é o lado social e cristão e não o capitalista

O presidente do Sicoob Médio Oeste, José Carlos de Souza, o ato mostra realmente os objetos da Cooperativa. Desenvolver a comunidade através do cooperativismo.

As crianças aceitaram a participar inclusive do Programa Cooperativismo Mirim do Instituto Sicoob. O próximo passo agora é convocar o Instituto que irá até a Escola e além de apresentar o mesmo,  fará o acompanhamento futuro com material didático, treinamento para que consigam desenvolver o projeto em sua essência, se unindo, cooperando e ajudar outras pessoas.

Os colaboradores do Sicoob, também foram convidados a fazer parte do projeto 5º ano aquecendo corações. Para tanto foi disponibilizada uma caixa para doações de roupas para as famílias. Todos se comprometeram em também ajudar. 

O julgamento de um  dos crimes mais bárbaros da nossa região, foi realizado na quinta-feira, 2, e terminou somente no dia 3, já na madrugada. Foram quase 18 horas de muito trabalho, pois o caso reunia muitas paginas, com muitas informações através de diligencias, reconstituição do crime e oitiva de testemunhas e outros.  Os envolvidos na morte de duas pessoas foram condenados juntos há mais de 110 anos de reclusão.

No dia 12 de fevereiro de 2007, foram encontrados mortos no interior de Nova Aurora, Maria Conceição da Hora de 73 anos e seu neto, Fernando Augusto da Hora com 12 anos na época. Eles foram mortos com golpes de faca ou chaira. A mulher recebeu 49 golpes e seu neto atingido por 17 vezes. O duplo homicídio ocorreu na Chácara São Francisco, comunidade conhecida como Mexeriqueira, Estrada Jacarezinho.

Depois de muitas investigações e passando pelas mãos de vários delegados, chegaram até Ademir José Viera, conhecido como Nenê Babão e a Luiz Sebastião de Oliveira, conhecido como Lula, acusados e condenados por serem contratados para matar. Ambos foram condenados a 39 e 37 anos de reclusão respectivamente. A pena foi somada pelos dois homicídios. Outro condenado no júri foi Vagner Cezar Lobo, que mesmo estando foragido, foi defendido por um advogado como rege a lei e condenado há mais de 41 anos de reclusão. Vagner recebeu a condena por ter sido apontado como mandante do crime.

A barbárie foi motivada por vingança e ciúme. Conforme informações a mulher de um empresário na época em Nova Aurora, descobriu uma relação extraconjugal que o marido mantinha.  Para se vingar a mulher teria então contratado junto com o filho, Nene Babao e Lula para matarem o filho da amante e conseqüentemente a avo que cuidava do neto também foi morta.

A mulher traída e traidor, não chegaram a ver o desfecho do fato, pois conforme informações morreram vitimas de infarto.

O júri foi presidido pelo Juiz Rodrigo Dufal e Silva e teve o promotor Rafael Muzzy Bitencourt atuando na acusação e contou ainda com três advogados nomeados pelo estado e  entre eles estava o advogado Luciano Katarinhuk , o qual atuou na defesa de Ademir José Viera. Segundo o advogado o júri que ocorreu na câmara de vereadores de Nova Aurora teve o plenário lotado do inicio ao final.  

Assis Chateaubriand-  O condutor de um veículo Monza com placas de Toledo,  aparentando estar embriagado bateu em um poste na Rua Brasília no centro da cidade. O acidente aconteceu por volta das 06:30 minutos.

O condutor juntamente com um amigo até que tentaram  tirar o carro, mas devido às avarias não foi possível. Logo após a tentativa frustrada, os dois se retiraram do local. Tão logo saíram, uma viatura da Pm chegou ao local, mas não encontrou ninguém.

Tudo pôde ser acompanhado do prédio da Rádio Jornal, que fica em frente ao local do fato. No momento que o motorista no qual provavelmente trafegava pela Rua Estada Unidos e passou direto na travessa da Rua Brasília e veio a colidir com um dos postes de transmissão de energia elétrica.

Vale lembrar que no final do ano passado a companhia de Energia efetuou a troca de postes menores por maiores. O que foi observado pela nossa equipe é que o motorista nada sofreu. Ficou claro que o homem estava em visível estado de embriagues.

A situação do acidente chamou a atenção de muitos curiosos. 

Um acidente fatal foi atendido na noite de ontem sexta-feira, 31 de Outubro, pelos patrulheiros rodoviários do posto de Assis Chateaubriand. Com ocorrência do evento, morreu Sérgio Figueiredo de Lima de 45 anos de idade, ele conduzia uma moto Honda CG 125 Titan com placa AID- 5340 de Brasilândia do Sul. Conforme detalhes ele seguia rumo a cidade morada amiga quando foi atingido por um veículo Toyota Corolla com placas ARR-1355 de Umuarama, no momento conduzido por Douglas Seijum Kohatsu de 38 anos.

Douglas em sua declaração aos policiais rodoviários informou que estava realizando uma ultrapassagem num caminhão a sua frente, quando acabou colidindo frontalmente com o motociclista. O condutor morreu na hora. Com o impacto o motorista do Corolla foi atingido por estilhaços e a passageira Daniela Camporezi Kohatsu , 34, ficou em estado de choque e ambos foram encaminhados para atendimento. Os dois retornavam para a cidade de origem que é Umuarama.

O corpo da vitima foi recolhido pelo IML de Toledo, onde foi necropsiado e posteriormente liberado para os atos fúnebres. 

Tupãssi- Na tarde de sexta, 17, por volta das 15 horas e 30 minutos , a Policia Militar de Tupãssi foi solicitada via 190 em uma ligação por uma pessoa que passava pelo local, a comparecer na rodovia Pr 581 km 14 sentido Cascavel, cerca de 4 quilometros a frente de do Distrito de Jotaesse, onde segundo informações havia uma pessoa em óbito. No local realmente foi encontrado uma pessoa morta trajando uma camiseta vermelha, um shorts branco, com detalhes em marrom um tênis preto, um indivíduo aparentado ter idade de 18 a 25 anos com altura aproximada de 1,70 m de cor branca.

Foi acionada a equipe da polícia civil juntamente com IML de Toledo que estiveram no local  para perícia. Após foi constatado que havia sinais de luta corporal por causa de várias lesões. No corpo também havia sinais provenientes de disparo de arma de fogo, não sabendo precisar que tipo de arma foi usado por não achar no local nenhum estojo deflagrado e tão pouco projétil.

Nenhum documento foi encontrado para possível identificação e ainda  foi constatado que foram arrancadas as duas orelhas, um dos olhos, a língua e também uma boa parte da pele que reveste a face da vítima. Após a perícia o corpo foi recolhido e encaminhado ao IML na cidade de Toledo.

O fato será investigado pela Policia Civil de Assis Chateaubriand. O corpo permanece na geladeira do IML de Toledo. E em contato com o órgão, fomos informados que até as 7 horas da manha de sábado, ninguém havia reclamado o corpo.

Fonte- Policia Militar / Rádio Jornal 

Assis Chateaubriand- A Loja MM- Mercado Móveis entregou mais um caminhão com 30 produtos, avaliados em 10 mil reais. A mesma aconteceu no final da manhã desta segunda-feira, 7. O contemplado não sabia e assim como ocorre nas demais entregas a carreata chega à casa da pessoa levando uma boa noticia, fazendo com que o sorriso fique estampado no rosto dos felizardos.

 

Para alegria de Assis Chateaubriand a Loja da cidade foi a contemplada, pois um cliente com seu número da sorte foi o grande ganhador. Sorteio através da loteria federal

 

De acordo com Talita Ribas  Supervisora Comercial da MM- Mercado Móveis, a empresa possui um seguro premiado no valor de 4,99 e concorre a 10 mil em prêmios e mais de 20 sorteios já foram realizados onde a pessoa contemplada recebe então 30 prêmios. “A pessoa vai até a  qualquer loja MM, compra uma mercadoria e tem a possibilidade de adquirir o seguro e assim estará concorrendo aos dez mil reais em prêmios”, disse.

Ainda segundo a Supervisora algumas pessoas até ficam na dúvida, será que é verdade mesmo o que é está sendo anunciado. “ Com estas entregas é derrubado todo e qualquer mito sobre o fato, pois o cliente foi até a loja, confiou na vendedora Bruna Guiraldhi, ganhou e recebeu os prêmios, por este motivo os clientes podem confiar na empresa na qual valoriza sempre não somente os funcionários, mas os clientes e a prova está aqui com esta entrega”, finalizou.

 

Moisés gerente local da MM de Assis Chateaubriand disse estar muito feliz com a premiação, pois estando gerenciando a loja a pouco tempo e já conseguindo este premio para um cliente MM. “A empresa valoriza de forma majestosa  o cliente e também os funcionários tanto é verdade que pelo terceiro ano consecutivo foi eleita como melhor empresa para se trabalhar. E agora então com estes prêmios sendo entregues ao sortudo Gilmar Schimtz é uma alegria total, pois ele acreditou e recebeu, televisor, maquina de lavar, sofá, geladeira duplex, aspirador, fogão,  roupeiro, mesa, armários e outros, são dez mil reais em produtos, com investimento de pouco menos de cinco reais, o Gilmar acreditou na loja e ganhou”, destacou.

 

O morador da localidade do Rio do Peixe Gilmar Schimtz foi surpreendido pela carreata do “Super Caminhão de Prêmios”, da MM- Mercado Móveis. Segundo ele não sabia da premiação e no dia da compra disse não ter sorte. “Não esperava me pegaram de surpresa, pois a minha compra não chega a nem 10% do valor dos prêmios, se não fosse à oferta do numero pela vendedora eu teria comprado um refrigerante de cinco reais e agora está um prêmio no valor de 10 mil reais, no momento da compra eu disse não tenho sorte vou comprar apenas por comprar, e agora com os produtos vou analisar o que fazer com o prêmio e o recado que eu deixo é que todos devem acreditar, pois a sorte pode bater na porta de qualquer um, mesmo não tendo sorte como eu achava que não tinha”, finalizou o sortudo

 

A prefeitura municipal de Assis Chateaubriand, através da secretaria de Obras e Serviços Públicos, começa a na próxima semana o recolhimento de galhos e entulhos. O recolhimento, que inicia no dia 07, segunda-feira próxima, será concentrado no distrito de Bragantina e todos os moradores devem realizar a recolha dos galhos e entulhos de seus quintais e colocar em frente às casas para facilitar o trabalho. “Além disso, estaremos ainda substituindo todas as lâmpadas queimadas para oportunizar aos moradores mais segurança e qualidade de vida”, afirmou Juan Carlos Alvez, secretário da pasta.

Fonte- Da Assessoria

 

Pagina 1 de 2

Atenção

A reprodução deste conteúdo somente é permitida desde que seja dado o crédito à Rádio Jornal 1470 AM, informando o endereço www.radiojornalam.com.br

Para a reprodução de conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

A Rádio Jornal 1470 AM retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a Lei 9.610/1998.