Quinta, 16 Fevereiro 2017 19:05

Professores começam ano letivo com aulas de 30 minutos na rede estadual

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Professores começam ano letivo com aulas de 30 minutos na rede estadual Professores começam ano letivo com aulas de 30 minutos na rede estadual Professores começam ano letivo com aulas de 30 minutos na rede estadual Professores começam ano letivo com aulas de 30 minutos na rede estadual Professores começam ano letivo com aulas de 30 minutos na rede estadual Professores começam ano letivo com aulas de 30 minutos na rede estadual Professores começam ano letivo com aulas de 30 minutos na rede estadual

Abraço simbólico reuniu alunos, professores e funcionários em colégios de Assis Chateaubriand

O ano letivo 2017 começou nesta quarta-feira (15) com os professores dando aulas de apenas 30 minutos na rede estadual de ensino do Paraná. As aulas em tempo reduzido no primeiro dia do calendário escolar já era algo anunciado desde sábado (11), quando cerca de 3 mil representantes da categoria se reuniram em assembleia, realizada na cidade de Maringá.

Na oportunidade, eles também decidiram que farão greve geral no dia 15 de março. A princípio, a proposta era paralisar as atividades já nesta quarta-feira, quando se iniciaram as aulas, mas ela foi rejeitada pela maioria dos servidores que participaram do encontro.

Marlene Aparecida de Oliveira Vilanova, representante dos funcionários no Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (APP-Sindicato), diz que a mobilização tem por objetivo pressionar o Governo do Estado a revogar a resolução 113/2017, que institui mudanças nos critérios para distribuição das aulas e a redução da hora-atividade.

Segundo ela, a decisão por aulas de apenas 30 minutos faz parte do conjunto de ações que a categoria programou para as próximas semanas e isso irá se repetir todas as quartas-feiras, nos dias 22 de fevereiro e 1º e 8 de março.

Além de aulas com tempo reduzido, professores se reuniram com alunos e funcionários e realizaram um abraço simbólico em várias escolas do estado. Em Assis Chateaubriand, como exemplo, integrantes do Colégio Chateaubriandense, da Escola Guimarães Rosa e do Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (CEEBJA) se juntaram e fizeram essa ação em conjunto.

De acordo com Marlene Vilanova, que atua na função de secretária escolar no Guimarães Rosa, a ideia foi promover a união daqueles que fazem parte da educação pública, com o objetivo de lutar por melhorias na qualidade de ensino, como um todo.

Escrito por William Borges - Fotos: Facebook/Escola Guimrães Rosa

Confira o áudio da entrevista no vídeo:

 

Mídia

Atenção

A reprodução deste conteúdo somente é permitida desde que seja dado o crédito à Rádio Jornal 1470 AM, informando o endereço www.radiojornalam.com.br

Para a reprodução de conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

A Rádio Jornal 1470 AM retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a Lei 9.610/1998.