Quinta, 16 Fevereiro 2017 06:25

Morre pioneiro Edésio Augusto Siloti

Escrito por 
Avalie este item
(2 votos)
Morre pioneiro Edésio Augusto Siloti Um dos últimos momentos marcantes da trajetória do senhor Edésio, foi o dia 30 de dezembro de 2016, quando aconteceu um evento no salão de festas da Paróquia Nossa Senhora do Carmo para comemorar os 35 anos da empresa Siloti agrícola e 75 anos do senhor Edésio Siloti. Edésio Siloti e esposa Zélia Siloti Edésio Siloti e a família na comemoração dos 35 anos da empresa Siloti agrícola e os seus 75 anos no dia 30 de dezembro de 2016. Edésio Siloti e a família na comemoração dos 35 anos da empresa Siloti agrícola e os seus 75 anos no dia 30 de dezembro de 2016. Edésio deixa esposa, filhos, noras, netos, parentes queridos, amigos e muita saudade. Deixa também exemplos de simplicidade, fraternidade e persistência. O velório do pioneiro Edésio Siloti contou com diversas homenagens. Edésio ao lado do filho Zeca Siloti. LIONS e ROTARY CLUB, clubes de serviço nos quais a família Siloti sempre fez parte no serviço voltado à comunidade. Morre pioneiro Edésio Augusto Siloti Amigos, familiares e admiradores participaram da despedida ao senhor Edésio Siloti Amigos, familiares e admiradores participaram da despedida ao senhor Edésio Siloti Uma enorme fila de carros acompanhou o cortejo do corpo do pioneiro chateaubriandense, Edésio Siloti.

O velório aconteceu na Paróquia Nossa Senhora do Carmo; o sepultamento as 19h30 de quinta-feira (16) no cemitério Jardim da Paz

Uma notícia triste para a população chateaubriandense foi confirmada pela família na tarde de quarta-feira (15). Morreu aos 75 anos o pioneiro Edésio Augusto Siloti. Ele estava internado há alguns dias após sofrer um acidente doméstico.

Homem muito respeitado em todos os segmentos locais e regionais pelo jeito simples, mas determinado e arrojado de ser. Um grande empresário de visão futurista e um empreendedor nato. Foi dele a ideia de abrir a antiga empresa Nega Maluca que se transformou na Siloti Agrícola e Indústria a maior empresa genuinamente chateaubriandense.

Recentemente, no dia 30 de dezembro de 2016, aconteceu um evento no salão de festas da Paróquia Nossa Senhora do Carmo para comemorar os 35 anos da empresa Siloti agrícola e 75 anos do senhor Edésio Siloti. O evento contou com a presença de autoridades locais e regionais, parceiros, amigos e familiares. Em forma de agradecimento a Deus, foi realizada uma celebração conduzida pelos  padres André Fatega e Antonio Carlos, naquela oportunidade.

Empresa

Os negócios da família Siloti começaram a partir da empresa Alimentos Siloti, criada em 1981, por Edésio Siloti e esposa Zélia Siloti, junto com seus filhos José Augusto Siloti e Jocélio Siloti, de forma que as atividades foram iniciadas com a fabricação de fubá e pipoca em um moinho, onde os proprietários conduziam sua pequena empresa.

Assim o empreendedor Edésio Siloti, acreditando no potencial da cidade “Morada Amiga” realizou vários investimentos aumentando a sede própria com novas construções, maquinários e equipamentos, proporcionando mais empregos e novas tecnologias, estimulando cada vez mais os produtores a trabalharem com cultura do milho, soja e trigo e se destacando no mercado.

Buscando uma parceria sólida com seus clientes, a empresa expandiu sua atuação dando início à comercialização de fertilizantes e insumos de alta tecnologia, fornecendo aos seus clientes assistência técnica especializada, desde o plantio à colheita.

A Siloti está nas cidades de Assis Chateaubriand, Brasilândia do Sul, Alto Piquiri e Perobal agregando valores ao que é produzido, gerando empregos e divisas, sendo seus investimentos canalizados para o agronegócio, visando à expansão de toda sua cadeia produtiva.

Formação Acadêmica

Já na melhor idade, Edésio Augusto Siloti conquistou a formação no Ensino Superior no Curso de Direito, fato que foi divulgado amplamente pela mídia estadual como exemplo de perseverança e boa vontade indicando às pessoas que não há limites para quando se quer realizar o sonho de estudar.

Família decide doar órgãos

Nas redes sociais, o empresário Jocélio Luis Siloti, filho do senhor Edésio postou a seguinte mensagem confirmando a morte do patriarca e a decisão da família de doar os órgãos:

“Quero neste momento transmitir a pior notícia da minha vida... a partida de um grande guerreiro... Meu PAI... Edesio Augusto Siloti..

Foi convidado a subir aos braços do criador...

Agradecemos a todos pelas orações ...

A família optou em doação de órgãos...

Portanto, somente faremos o velório a partir de amanhã na Bom Samaritano...

Que Deus abençoe da todos vocês !!!”

Velório

O corpo do pioneiro Edésio Augusto Siloti foi velado na Paróquia Nossa Senhora do Carmo em Assis Chateaubriand onde foram realizadas homenagens e celebração de despedida, o sepultamento aconteceu por volta das 19h30 no Cemitério Jardim da Paz.

Edésio nasceu em Cachoeiro de Itapemirim/ES e chegou em Assis Chateaubriand em 1961. Deixa esposa, filhos, noras, netos, parentes queridos, amigos e muita saudade. Deixa também exemplos de simplicidade, fraternidade e persistência.

 Fonte: Dito Silva/Site Siloti/ William Borges/Gean Senhorini - Fotos: Arquivo da Família e Gean Senhorini

 

 

 

 

 

Mídia

Atenção

A reprodução deste conteúdo somente é permitida desde que seja dado o crédito à Rádio Jornal 1470 AM, informando o endereço www.radiojornalam.com.br

Para a reprodução de conteúdo fora das condições especificadas entrar em contato com o seguinte e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

A Rádio Jornal 1470 AM retém os direitos autorais do conjunto de textos e fotos publicados no site conforme a Lei 9.610/1998.